Falta de funcionários atrasa correspondência nos Correios

William Cardoso
do Agora (FONTE)

A falta de funcionários tem provocado atraso na entrega de cartas e encomendas dos Correios na capital.

Em alguns bairros, os carteiros têm passado somente duas vezes por semana.

Segundo o Sintect-SP (Sindicato dos Trabalhadores dos Correios de São Paulo), faltam 3.000 carteiros na capital e 7 em cada 10 unidades de distribuição na cidade estão desfalcadas.

“A empresa não contrata funcionários concursados desde 2011, quando foi realizado o último concurso. Durante esse período, o serviço aumentou por causa das vendas na internet. Triplicou a quantidade de encomendas. E, mesmo com a internet, tem boleto bancário, fatura, propaganda sendo distribuídas pelos Correios“,

afirma Douglas Melo, diretor do Sintect-SP.

Melo afirma que, apesar de novas modalidades de envio, a remessa de objetos simples (boletos, faturas, entre outros) ainda representa 40% do faturamento dos Correios.

Resposta

Questionados sobre a falta de funcionários e os problemas na entrega de correspondências em diversos pontos da capital, os Correios afirmaram que as questões

“necessitam de avaliação da área responsável pela distribuição e, portanto, poderão ser respondidas apenas amanhã [hoje]”.

Em nota, os Correios afirmam que o cidadão deve procurar a empresa responsável pelo boleto e solicitar outra forma de pagamento antes do vencimento, para não pagar juros e multas, quando ocorre atraso.

Sobre o fim do E-Sedex, os Correios afirmam que o serviço tinha abrangência limitada a 250 cidades e que oferece agora opções como Sedex, PAC e Logística Reversa.

O que fazer quando a encomenda não chega?

Os Correios podem não realizar a entrega de um objeto por dois motivos: se o endereço do destinatário estiver errado ou incompleto, ou quando a localidade fica em uma localidade sujeita a riscos. O Rastreamento das encomendas possibilita uma visualização mais detalhada da rota percorrida, desde a saída até chegada ao seu destino final.

Então quando percerber q sua encomenda não chegou ou foi entregue em um endereço errado procure imediatamente uma agência dos Correios.

As reclamações por atraso ou não entrega da sua encomenda devem ser feitas depois de finalizados todos os prazos de entrega ou se as tentativas de entregas do objeto estiverem expiradas.

O limite do prazo para ser realizar uma reclamação referente aos objetos registrados nacionais acaba sendo de 90 dias, a partir da data prevista para a entrega.

Antes de tomar qualquer providência, saiba o que fazer quando a encomenda não chega. Você deve entrar em contato com os Correios e obter as informações referentes ao status do objeto que também estão na página de Rastreamento do site dos Correios.

Lembre-se que apenas os objetos registrados possuem o código de rastreio, e você precisa usar ele caso precisa em uma dessas situações.

Indenização

Os Correios só indenizam os clientes na falta de serviços prestados, atraso na entrega, devolução/entrega indevidas ou quando há o comprometimento do objeto. 

Tipos de indenizações

  • Por atraso

Quando ocorre a falha na entrega, os Correios restituem os valores pagos.

Caso ocorra um atraso em sua entrega devido há alguma falha ocorrida nos Correios, os preços pagos pelos serviços prestados serão devolvidos de acordo com certos percentuais.

Para SEDEX Hoje, SEDEX 10 e SEDEX 12 o valor é pago integralmente, já SEDEX, e-SEDEX e PAC vai de acordo com os dias de atraso:

  • 10% para 1 dia útil de atraso
  • 20% para a ocorrência de 2 dias úteis de atraso
  • 30% a partir de 3 dias úteis de atraso

Por extravio, roubo, entrega indevida 

Nesse caso será restituída a quantia paga pelos serviços de entrega, com o acrescimo dos valores dos serviços prestados, exceto no seguinte caso:

  • Não foi contratado o serviço de Valor Declarado

Por espoliação, avaria total ou parcial

Os objetos postais com esses tipos de danos serão indenizados, de acordo com os resultados de uma análise feita pelos Correios.

Por devolução indevida

Serão devolvidos os valores postais pagos, e todos os valores adicionais contratados.

Por serviços que não foram prestados

Deverão ser devolvidos todos os valores postais que foram pagos, acrescidos até mesmo dos serviços adicionais caso sejam contratados.

Os Correios não irão pagar indenização para:

  1. Objeto simples e postado sem registro;
  2. Endereço errado
  3. Objeto com valor mercantil não declarado
  4. Retenção por autoridade competente
  5. Prejuízos indiretos e benefícios não realizados;
  6. Caso Fortuito ou Força Maior: como aeroportos fechados, enchentes, incêndios, interdição de vias e queda de pontes
  7. Objeto mal embalado

Serviços impossibilitados

Os serviços dos Correios podem não estar presentes em algumas cidades brasileiras, como na zona rural, cidades ribeirinhas, lugares de risco ou de dificil acesso.

Nesses casos, os Correios destinam-se a entrega dos seus objetos para uma unidade próxima do seu endereço, para que seus objetos cheguem ao seu destino final.

No caso de áreas com restrições, os Correios destinam a encomenda para um local que possa ser feita a entrega segura e para que realmente chegue não mãos do destinatário.

Os Correios avisarão sobre chegada ao endereço do destinatário, hoje seu aviso pode ser feito via SMS, para que se dirija à uma agência dos Correios indicada, com os documentos de identicação em mãos, para realizar a retirada do objeto.

Quando não souber o que fazer quando sua encomenda não chega, procure sempre pela ajuda dos Correios